ANS disponibiliza nova Central de Atendimento aos Prestadores

ANS disponibiliza nova Central de Atendimento aos Prestadores

Reformulada, ferramenta traz mais celeridade e transparência para as reclamações e dúvidas

07 de março de 2021

No dia 10 de fevereiro de 2021 a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) disponibilizou a nova Central de Atendimento aos Prestadores em seu portal na Internet. Reformulada a partir de diversas discussões realizadas pela Câmara Técnica de Contratualização e Relacionamento com Prestadores (CATEC), a plataforma reúne melhorias que prometem dar mais agilidade à análise das demandas que forem cadastradas e garantem que os usuários acompanhem o andamento das reclamações registradas.

“A proposta da nova central é apresentar um canal mais objetivo, com fluxos aperfeiçoados e que permitirão um tratamento mais ágil e eficiente das demandas cadastradas pelos prestadores de serviços de saúde. Além disso, dará mais celeridade ao processo”, comenta César Serra, diretor de Desenvolvimento Setorial substituto da ANS. Segundo o executivo, a ferramenta também traz mais transparência aos relatos, pois toda reclamação registrada pode ser acompanhada por meio do Serviço Eletrônico de Informação (SEI).

A CATEC, grande responsável pela reformulação, tem a finalidade de colher subsídios para avaliação da necessidade de revisão e aprimoramento da regulação setorial acerca da contratualização entre as operadoras de planos privados de assistência à saúde e os prestadores de serviços. A Câmara – que conta com participação ativa da Associação Brasileira de Medicina Diagnóstica (Abramed) – reúne representantes de cada diretoria da ANS, da Procuradoria Federal, do Ministério Público Federal, da Câmara de Regulação do Mercado de Medicamento, das entidades representantes de prestadores de serviços de saúde; de operadoras de planos de saúde; e da Secretaria Nacional do Consumidor.

Como funciona

A página (que pode ser acessada AQUI) oferece duas opções para abertura de chamados: Reclamação e Outros Assuntos.

Reclamações referentes a algum tipo de descumprimento contratual entre operadora e prestadores de serviços de saúde devem ser encaminhadas por meio de um protocolo eletrônico via SEI. Na sequência, a ANS analisará esses apontamentos e o prestador será informado se aquela demanda foi resolvida juntamente à operadora ou se o fato relatado não configura descumprimento contratual. Entre as reclamações listadas no formulário estão inexistência de contrato escrito; contrato não adaptado; não-aplicação de reajuste; faturamento e pagamento de serviços; infração ao código de ética; fator de qualidade; e substituição de prestador não hospitalar.

Caso o chamado seja referente a alguma dúvida ou outro assunto que não uma reclamação, a ANS também dará resposta por meio eletrônico.

“Como as demandas são de complexidade variada, não há prazo definido para a resposta, porém a proposta do canal é que todas sejam tratadas com a maior celeridade possível”, esclarece Serra.

Ao acessar a nova Central de Atendimento aos Prestadores também é possível visualizar um tutorial completo de como entrar com um chamado. Clique AQUI para acessar.

Associe-se Abramed

Assine nossa Newsletter

Abramed Home Office