Em entrevista à Folha de S.Paulo, diretora-executiva da Abramed fala sobre notificação de dados dos laboratórios privados durante pandemia

Em entrevista à Folha de S.Paulo, diretora-executiva da Abramed fala sobre notificação de dados dos laboratórios privados durante pandemia

Portaria que obriga laboratórios públicos e privados a notificarem ao Ministério da Saúde resultados de testes para COVID-19 em até 24 horas foi destaque no Jornal Folha de São Paulo.

A medida ocorre em meio a reclamações de que nem todos os laboratórios privados enviavam dados à pasta. Em entrevista ao veículo, Priscilla Franklim Martins, diretora-executiva da Abramed – que representa 26 empresas e cerca de 60% de todos os exames realizados pela saúde suplementar no país -, negou a ausência de notificação de dados dos laboratórios privados ao ministério e apontou dificuldades desse processo.

Segundo ela, inicialmente, os dados eram enviados às secretarias municipais de saúde, que notificavam o ministério, mas havia atrasos nesse processo. Com isso, a notificação passou a ser feita diretamente pelos laboratórios privados.

A portaria foi publicada nessa terça-feira (21) pelo Ministério da Saúde e dá prazo de 15 dias para adequação dos laboratórios brasileiros.

Leia a matéria completa: https://bit.ly/2WNsZv9

Associe-se Abramed

Assine nossa Newsletter

    6° FILIS – Inscrições Abertas! Guia LGPD