Dedicação e investimento em recursos humanos são essenciais para aumentar competitividade no mercado

Dedicação e investimento em recursos humanos são essenciais para aumentar competitividade no mercado

Em entrevista à Abramed, Hélio Magarino Torres Filho, diretor médico da Richet, fala sobre o segredo de manter-se há 70 anos no mercado. Laboratório é novo associado da Abramed

O Richet, destaque há 70 anos na área de medicina diagnóstica, é o novo associado da Abramed. Atuando tanto na área hospitalar, como em parceria com clínicas especializadas em fertilidade, check-up executivo, geriatria, medicina esportiva, apoio nutricional e medicina do trabalho. Além disso, também oferece uma estrutura de atendimento laboratorial a centros de pesquisa clínica com apoio técnico, operacional e logístico. 

Em entrevista exclusiva para a Abramed, Hélio Magarino Torres Filho, Diretor Médico do Richet, comentou as mudanças, desafios, perspectivas para o futuro do setor no pós-pandemia e como a empresa tem pautado sua estratégia, aliando atendimento humanizado da medicina ao diagnóstico através de tecnologia de ponta. Confira na íntegra: 

Abramed em Foco: O setor de medicina diagnóstica, sem dúvidas, passou por mudanças substanciais desde a fundação do Richet, há 70 anos. Em sua opinião, quais foram as principais delas?

Penso que as mudanças foram bastante significativas. A principal foi a introdução de tecnologias modernas e algoritmos de inteligência artificial, que modificaram completamente o setor, permitindo o crescimento e evolução dos serviços com maior segurança e precisão técnica. A segunda mudança foi uma consequência da primeira e consiste na consolidação do setor, permitindo a criação de grandes Núcleos Técnicos Operacionais, com alta tecnologia e menor custo. 

Abramed em Foco: Quais são hoje os principais desafios da medicina diagnóstica atualmente?

Os principais desafios correspondem a entrega de resultados cada vez mais preciso e clinicamente úteis a um custo que tem de ser adaptado à situação atual. 

Abramed em Foco: Qual o segredo para conseguir acompanhar essas transformações, unindo inovação, sem perder a tradição?

O segredo é o que todo serviço conceituado faz. Qualidade total, desde o início do atendimento até a entrega do resultado. Atualmente, com alta tecnologia presente nos grandes centros diagnósticos, o que continua fazendo a diferença é o pré e o pós-analítico. O bom atendimento ao paciente, tentando sempre surpreendê-lo e também a interação com o médico prescritor dos exames, também são fundamentais para diferenciar-se no mercado. Além, evidentemente, de conhecimento e expertise técnica. 

Abramed em Foco: Como o Richet enxerga a importância da tecnologia para manter a competitividade? E, como tem investido nisso nos últimos anos?

Ninguém que pretenda manter-se com presença marcante no mercado pode negligenciar o acompanhamento e introdução de novas tecnologias. Hoje esta seja, talvez, uma das principais bases dos bons serviços. Manter-se atualizado requer dedicação, estudo e investimento em capital humano. 

Abramed em Foco: Como equilibrar hoje qualidade e custos em um cenário tão volátil?

Temos que ter bons parceiros comerciais, tanto fornecedores como fontes pagadoras. Para permanecer saudável, o mercado tem que funcionar em perfeita sintonia. 

Abramed em Foco: A pandemia, em sua opinião, veio mais para ensinar ou transformar o setor? Quais as lições que ficaram?

A pandemia realmente trouxe grandes lições. A resiliência, dedicação e conhecimento fizeram a diferença. Acredito que a principal lição foi estarmos predispostos a realizar grandes mudanças, virando todo o cenário da empresa para um objetivo maior, sem perder as diretrizes principais.

Abramed em Foco: Centralidade no paciente e qualidade são realmente aspectos cruciais para manter-se hoje competitivo?

Qualidade é fundamental, não apenas para demonstrar aos médicos e ao público em geral, mas também para manter a equipe estimulada, vivenciando e sendo mais um “fiscal” das boas práticas. Quando a equipe “vive” a qualidade, todos saem ganhando. 

Abramed em Foco: E, as acreditações qual a importância no cenário atual?

As acreditações são os instrumentos para a resposta acima. É o que mantém toda a equipe e demonstra para o público o quanto a empresa investe nas boas práticas. Hoje, podemos dizer que os serviços de diagnósticos brasileiros se equiparam aos dos melhores centros de diagnóstico do mundo, através dos selos de qualidade.  

Abramed em Foco: Como enxerga o futuro da saúde no pós-pandemia? A medicina diagnóstica assume um papel diferente do que tinha anteriormente?

Penso que os serviços diagnósticos saíram fortalecidos após a pandemia, pois foi possível mostrar sua grande importância, não apenas para o diagnóstico da COVID-19, como também para uma infinidade de outras doenças e também a prevenção delas. 

Abramed em Foco: Como enxerga a atuação da Abramed na medicina diagnóstica? O que espera da entidade como parceira para melhoria do setor?

A Abramed é muito importante para podermos discutir os desafios e chegarmos a decisões importantes para o setor. Sentimo-nos bem mais integrados ao mercado e com a segurança de ter um fórum permanentemente atualizado sobre tudo de importante que está acontecendo. 

Associe-se Abramed

Assine nossa Newsletter

    6° FILIS – Inscrições Abertas! Guia LGPD