Albert Einstein

A Sociedade Beneficente Israelita Brasileira Albert Einstein atua na saúde privada e na saúde pública em todas as etapas da assistência, ensino e educação, consultoria, pesquisa e inovação e responsabilidade social.

A estrutura de prestação de serviços é formada por 12 unidades de saúde privada em São Paulo, 1 em Sorocaba (SP) e 1 em Goiânia (GO). No Sistema Único de Saúde (SUS) são 30 unidades, operadas por meio de contrato de gestão e convênios com as prefeituras de Mogi das Cruzes e São Paulo. Além disso, na frente de Ensino tem 6 unidades em São Paulo, 1 no Rio de Janeiro (RJ) e 1 em Belo Horizonte (MG).

O Einstein possui títulos de Utilidade Pública nos âmbitos municipal, estadual e federal e Certificado de Entidade Beneficente de Assistência Social (CEBAS), concedido pelo Ministério da Saúde. O Hospital mantém também uma Organização Social da Saúde.

O primeiro caso de Covid-19 no Brasil foi diagnosticado no Einstein, em um paciente vindo da Itália, e notificado ao Ministério da Saúde no dia 25 de fevereiro, mas a preparação para lidar com a doença começou em dezembro de 2019, assim que o novo coronavírus foi identificado. Várias ações foram adotadas para garantir a capacidade de atendimento em todos os seus aspectos. Em abril o Einstein ampliou a capacidade de testagem laboratorial para cerca de 3 mil RT-PCR por dia. Em maio, desenvolveu o primeiro exame genético para detectar Covid-19 em larga escala, e em dezembro, lançou novo teste sorológico que detecta a presença de anticorpos neutralizantes ao novo coronavírus.

Com o uso de inteligência artificial, desenvolveu um sistema que torna mais ágil a análise de radiografias de tórax para a identificação de lesões pulmonares associadas à doença. Também disponibilizou a hospitais públicos o serviço de telerradiologia para apoio à análise de tomografias.

O serviço de atendimento domiciliar foi ampliado em 2020. Além da coleta de exames laboratoriais e vacinação, passou a incluir eletrocardiograma, ultrassonografia e  polissonografia, evitando os deslocamentos. No total, o Einstein até Você realizou 870 mil atendimentos, um crescimento de 135% em relação a 2019.

Alliar Médicos à Frente

A Alliar Médicos à Frente é uma das maiores empresas de diagnóstico médico do Brasil, com um parque tecnológico composto por mais de 120 equipamentos de ressonância magnética, mais de 50 tomógrafos e mais de 350 ultrassons, entre outros, distribuídos em 103 unidades de atendimento que estão estrategicamente posicionadas em 43 cidades de 10 Estados. São mais de 5 mil colaboradores e 1000 médicos que atuam para prover uma medicina diagnóstica de excelência através de conhecimento e tecnologia. 

Criada em dezembro de 2010 a partir da fusão de quatro empresas líderes no setor de diagnóstico por imagem das cidades de Belo Horizonte, Juiz de Fora, São José dos Campos e Campo Grande, a Alliar já nasceu com posição de destaque em suas praças de atuação, decorrente do histórico de serviços de alta qualidade de suas predecessoras.

Nos últimos dois anos, a Alliar Médicos à Frente teve importantes conquistas, entre elas:

  • iDr (Inteligência Diagnóstica Remota), a healthtech b2b da Alliar triplicou de tamanho;
  • Lançamento do Marketplace Cartão Aliança;
  • Realiza parceria e se torna responsável pelo o iQMR na América Latina, solução que utiliza algoritmos de Machine Learning para exames de imagem;
  • Lançamos do Alliar na sua casa e o drive-thru;
  • Aumento na participação em exames de análises clínicas com recordes de faturamento.

Boris Berenstein

Criada há mais de três décadas pelo médico Boris Berenstein, a clínica de diagnóstico por imagem que leva o nome do seu fundador possui uma trajetória de destaque no mercado brasileiro de saúde. Sua equipe, formada por cerca de 400 colaboradores e 60 médicos experientes e capacitados estão distribuídos por cinco unidades localizadas em diferentes regiões de Recife (PE).

Utilizando os melhores equipamentos que existem no mercado de diagnóstico, e claro, de acordo com as práticas e normas globais do setor, constantemente a empresa qualifica seus colaborares e mantém parcerias importantes com diversas Sociedades Médicas e especialistas de todo Brasil.

Executando mais de 400 tipos de exames e atendendo a 50 convênios, Boris Berenstein mantém o compromisso de disponibilizar o que há de melhor no diagnóstico por imagem.

Hoje, a clínica conta com cinco unidades distribuídas pela Região Metropolitana do Recife: Olinda (Casa Caiada), Recife (Derby e Boa Viagem), Jaboatão dos Guararapes (Piedade), Cabo de Santo Agostinho (Centro) e uma no interior do estado, na cidade de Arcoverde.

Bp Medicina Diagnóstica

A BP Medicina Diagnóstica é a unidade de diagnósticos da BP – A Beneficência Portuguesa de São Paulo. Trata-se de um completo e atualizado centro de diagnósticos e tratamentos que oferece as mais diversas modalidades de exames laboratoriais, de diagnóstico por imagem, de métodos gráficos, endoscopia, hemodiálise, hemodinâmica e demais especialidades diagnósticas.

Por meio de equipes altamente capacitadas e atualizadas, além de uma excelente infraestrutura, alcança resultados mais precisos e com um completo respaldo clínico, favorecendo a segurança tanto do cliente quanto do médico.

Por ano, são realizados mais de 5 milhões de exames e tratamentos, proporcionando uma prevenção mais eficaz e tratamentos mais eficientes, além de gerar conhecimento valioso para a Medicina. Afinal, tratar a saúde com inteligência é o nosso jeito de valorizar a vida.

Em 2020 a BP Medicina Diagnóstica inovou para que os clientes continuassem a cuidar da saúde com total segurança. Um dos exemplos foi o serviço de drive-thru para coleta de exames laboratoriais, incluindo os de Covid-19. Os clientes passaram a contar também com o check-in antecipado de exames. A iniciativa trouxe praticidade e segurança, garantindo que os clientes economizem tempo, além de propiciar menor permanência dentro das unidades.

Essas inovações adotadas pela BP Medicina Diagnóstica contribuíram para que aquelas pessoas que estavam com os exames laboratoriais em atraso por conta do isolamento social exigido pela pandemia de Covid-19 pudessem ter rapidamente os resultados de exames em mãos para dar sequência aos respectivos tratamentos.

Cedi

Há mais de 40 anos, o grupo CEDI é o maior e mais respeitado centro de diagnóstico por imagem do interior do Estado do Rio de Janeiro, sendo uma referência à população e aos médicos. Oferecendo aos clientes o acesso à medicina diagnóstica de qualidade, com equipes especializadas, excelência operacional e tecnologia de ponta.

Fundado em 1980 pelos irmãos Miguel e Antônio Alexandre, tendo o pioneirismo como um dos ideais primordiais, disponibilizou os primeiros exames de tomografia computadorizada (1993) e ressonância magnética (2001) à Região dos Lagos.

A empresa possui atualmente 5 unidades, sediadas nas cidades de Macaé, Rio das Ostras e Cabo Frio. Conta com uma equipe de aproximadamente 250 colaboradores, que atuam em uma rede integrada e especializada de cuidados com a saúde ambulatorial e hospitalar, sendo inclusive responsável pelo setor de imagem do maior hospital da região – Hospital Unimed Costa do Sol.

O CEDI alcançou esse patamar por meio de um corpo clínico qualificado, investimentos nas inovações em saúde e melhorias nas experiências dos clientes, baseado em um olhar agregador, humano e eficiente. Tendo como principais valores a competência, credibilidade e integridade na prestação dos serviços, conseguimos oferecer os mais variados métodos de medicina diagnóstica.

Ao olhar para trás, o CEDI sente orgulho de sua trajetória, que sempre esteve pautada em valores éticos e morais. A excelência não se resume a uma missão ou compromisso. Representa, sobretudo, o alicerce sobre o qual foram construídos.

O engajamento com a qualidade é demonstrado pelo aprimoramento contínuo na condução dos processos e no desempenho dos sistemas de gestão, visando aumentar a satisfação dos nossos pacientes. As certificações do Colégio Brasileiro de Radiologia, com os respectivos selos de qualidade, e da ISO 9001, comprovam essas condutas.

Cepem

Conciliando tradição e tecnologia, o CEPEM está há mais de 28 anos cuidando da saúde das mulheres. Não é por acaso que a confiança nos exames do CEPEM passa de geração para geração.

A relação com as pacientes é pautada principalmente no apuro científico aliado ao atendimento humanizado. Ao longo da sua história, o CEPEM investiu (e ainda investe) fortemente na qualificação da sua equipe médica, ao mesmo tempo que trouxe ao Brasil a Estereotaxia digital (1996), a Mamotomia (1997), Mamografia digital de campo real (2000), Mamografia digital com detecção inteligente (2003), a Tomossíntese (2011) e a Angiomamografia (2019), dentre outros. Você pode até não conhecer todos esses exames, mas a classe médica conhece e assegura a qualidade de todos na detecção de lesões em tempo hábil para tratamento.

Seja para exames de rotina ou para investigações de maior complexidade, o CEPEM tem ampla rede de convênios e quatro unidades em pontos estratégicos do Rio.

Em 2021, o CEPEM conquistou o terceiro lugar entre 191 trabalhos científicos apresentados no 23º Congresso Brasileiro de Mastologia com o estudo “Experience with Contrast-Enhanced Mammography: Breast Cancer Detection in Patients Referred to Percutaneous Biopsies.” Além disso, o trabalho científico “Correlação entre Mamografia com Contraste e Achados Histopatológicos de Biópsias Percutâneas: Resultados Iniciais” foi contemplado com o segundo lugar entre os trabalhos apresentados no SIMRio 2021.

CETAC

O CETAC – Centro de Diagnóstico por Imagem, desde sua fundação seu proprietário, o Neurologista e Neurorradiologista, Dr Guilberto Minguetti, idealizou um gerenciamento que permitisse à empresa estar sempre à frente de seu tempo, não só no que diz respeito à qualidade e inovação de seus equipamentos, como também no relacionamento com sua clientela e seus principais mantenedores, ou seja, os convênios.

O CETAC serviu de base para orientação e aperfeiçoamento de inúmeros radiologistas e técnicos afins que hoje atuam principalmente no Paraná e Santa Catarina, onde a instituição teve e continua tendo expressiva participação no atendimento dos pacientes destes estados.

Em 2021, o CETAC tem apresentado um constante crescimento no número de pacientes atendidos, o que tem estimulado a pensar em novos investimentos, não só em equipamentos para a empresa, como para o CMN – Centro de Medicina Nuclear do Paraná, unidade essa pertencente ao Grupo.

As duas empresas hoje contam com 353 funcionários e 69 médicos, ocupando uma área de aproximadamente 10.000m2 de construção, com seus 4 aparelhos de Raio X, 15 aparelhos de Ultrassonografia, 2 mamógrafos digitais, 2 de densitometria, 2 tomógrafos de 128 canais, 5 ressonâncias magnéticas de 1.5T e 3.0T, além de 3 gamas-câmaras e 2 PETs-CTs.

Anteriormente com 10 ressonâncias magnéticas, em 2021 passamos a operar com apenas 7 com o único objetivo de reduzirmos custos, principalmente com manutenção, pessoal e energia elétrica, além de investirmos em programas que possibilitaram o aumento da produtividade de cada um dos aparelhos mantidos pela empresa. Tais medidas se mostraram bastante necessárias e vem se revelando bastante satisfatórias em seus propósitos.

Com tudo isso, podemos dizer que acreditamos bastante não só no futuro desempenho da nossa empresa como também o de todas as demais empresas de diagnóstico por imagem brasileiras.

Clínica Imagem

A Clínica Imagem instalou sua primeira unidade em 1994, com exames de ressonância magnética, tomografia computadorizada, angiografia digital e ultrassonografia. Esta unidade se manteve atuante com ressonância magnética até o final de 2007.

No ano seguinte, foi inaugurada em Florianópolis uma nova unidade, batizada como Clínica Imagem II. Proporcionando ampliação da capacidade de atendimento com equipamentos ainda mais modernos, contribuiu decisivamente para a saúde e o bem-estar dos catarinenses.

Com a evolução dos serviços oferecidos, foi inaugurada a Imagem Mulher em setembro de 2005. Um local diferenciado que oferece conforto e tranquilidade para as mulheres que realizam seus exames periódicos (mamografia digital, ultrassonografia obstétrica 4d, densitometria óssea, etc.).

Em 2006, com a aquisição de um equipamento de ressonância magnética de extremidades, a clínica imagem buscou agilizar as marcações de exames, proporcionando mais conforto para pacientes e possibilitando exames sem sedação para os casos de claustrofobia.

No mesmo ano, localizada nas dependências da Clínica Imagem, a CORIS Medicina Avançada recebeu um espaço exclusivo para realização de exames como Angiografia Digital, Cineangiografia, procedimentos endoscópicos, entre outros.

Com a instalação de duas novas tecnologias da área diagnóstica, nasce, em agosto de 2007, a Imagem Baía Sul, uma extensão feita para introduzir no mercado novos recursos diagnósticos em diferentes especialidades médicas.

Em 2011, incansável na busca de soluções para melhorar o atendimento de seus pacientes, a Clínica Imagem substituiu equipamentos buscando manter seu parque tecnológico atualizado. No ano seguinte, a Imagem Mulher é reinaugurada num amplo e confortável espaço. E em 2014, comemorou 20 anos de atuação, se consolidando como referência no mercado de exames de diagnóstico por imagem.

CSV

A Central Sorológica de Vitória por um grupo seleto de proprietários de laboratórios de análises clínicas, situados no Espírito Santo. Atuante no ecossistema da saúde, a CSV utiliza equipamentos de última geração na prestação de serviços em exames laboratoriais considerados de alta complexidade, com objetivo de oferecer segurança, credibilidade, resultados com maior precisão, qualidade e atendimento diferenciado aos seus clientes.

Atuando basicamente no mercado do Espírito Santo como laboratório de Apoio, a CSV conquistou a credibilidade dos demandantes por exames de análises clínicas no Estado, na rede pública e privada, sendo responsável por atender com excelência, na avaliação de seus gestores, composta por um número estimado de 148 laboratórios privados e 61, aproximadamente, do Sistema Único de Saúde. O atendimento às condições de preservação e conservação das amostras seguem um padrão rigoroso e validado internamente com limites de temperaturas durante todo o trajeto de logística.

As decisões estratégicas são respaldadas através de dados extraídos em softwares de inteligência que monitoram todas as etapas do processo pré-analíticos, analíticos e pós analíticos.

Nos últimos dois anos, a CSV implementou todo o portfólio para diagnóstico COVID-19 e realizou Negociações com hospitais da Grande Vitória para atendimento de toda a demanda de Microbiologia (Crescimento do setor de Microbiologia em 513%). Além disso, foi eleita a segunda melhor empresa do Brasil para se trabalhar no ramo Medicina Diagnóstica (Ranking GPTW – Melhores empresas – Saúde).

CURA

O CURA Medicina Diagnóstica foi adquirido em 2018 pela Vinci Partners, um dos principais fundos de Private Equity do Brasil, como uma plataforma de consolidação no segmento.

Em 2019, o CURA se uniu ao Grupo Mérya, maior grupo de diagnóstico por imagem da região sul do Brasil. Assim nasceu o CURA grupo, um dos maiores grupos de medicina diagnóstica do Brasil, com mais de 1,4 mil colaboradores capacitados e 500 médicos qualificados.

O trabalho do grupo é com foco total na medicina diagnóstica com olhar humano, além da excelência do atendimento e na qualidade máxima antes, durante e depois da realização de exames de diagnóstico por imagem, medicina nuclear e análises clínicas.

Atualmente está presente em 4 estados brasileiros, com um total de 30 operações em todo o país, nas cidades de Florianópolis, São José e Chapecó, em Santa Catarina, Curitiba, São José dos Pinhais, Londrina e Pato Branco, no Paraná, Porto Alegre, no Rio Grande do Sul e em São Paulo Capital, com mais de 6 milhões de exames realizados anualmente.